Geração do DARF Através do TOTVS Gestão Fiscal

Neste post iremos aprender como gerar os DARFs no TOTVS Gestão Financeira (RM Fluxus) através da integração com o TOTVS Gestão Fiscal (RM Liber).

DARF é a sigla de Documento de Arrecadação de Receitas Federais, um documento do Ministério da Fazenda e da Secretaria da Receita Federal brasileiros. É o boleto utilizado para pagamento de tributos administrados pela Receita Federal do Brasil.

Parametrização Necessária

Neste documento utilizaremos o IRRF como referência:

  1. Acesse o link Integração RM Fluxus X RM Liber para saber como parametrizar a integração entre os dois aplicativos;
  2. No RM Liber, acesse o menu: Opções | Parâmetros | Gerais/Tabelas | Processos: 03.02 – Apuração de Tributos | 03.02.10 – IRRF (Pessoa Jurídica) | Guia de Recolhimento 4/4 e marque uma das opções para as Regras Geração DARF:
    1. Por Beneficiário (Cliente/Fornecedor);
    2. Por Filial;
    3. Por Lançamento.

Caso nenhuma das opções de Regras citadas seja marcada, o sistema irá gerar as guias agrupando apenas pelo Código da Receita.

Para o IRRF (Pessoa Física) o processo é 03.02.11.

Geração do DARF

1. Acesse o menu: Lançamentos | Períodos de Apuração e selecione o período desejado para a geração do DARF;

SNAGHTML1dd6d1d

 

2. Edite o período escolhido e acesse a pasta Guias;
3. Clique no ícone Inserir DARF Automaticamente, conforme imagem a seguir;

SNAGHTML1df435f

 

4. Agora, nas pastas Identificação e Outros Dados informe os dados conforme necessidade e clique no botão Gerar;

SNAGHTML1d8c396

 

Outros Dados…

SNAGHTML217775b

 

Após a geração dos DARFs o sistema exibirá as informações obtidas de acordo com os lançamentos existentes no Período de Apuração selecionado. Veja abaixo:

SNAGHTML1d9c4ce

A próxima etapa é verificar o resultado do processo de geração dos DARFs no RM Fluxus.

 

Lançamentos Financeiros DARFs Gerados pelo RM Liber

Após a inclusão automática do DARF, realizada no RM Liber, teremos novos Lançamentos Financeiros faturados e prontos para serem tratados pelos processos do RM Fluxus. Os lançamentos com referências 6660 e 6676 foram faturados para o lançamento de referência 6768.

Este resultado foi obtido devido à parametrização das Regras Geração DARF não ter nenhuma das suas opções marcadas. Desta forma o sistema gerou os DARFs agrupando pelo Código da Receita.

image

 

Já nesta visão, os DARFs foram gerados e agrupados por Beneficiário, diante da escolha da respectiva opção nas Regras Geração DARF.

image

 

Impressão do DARF

Como complemento do processo de geração automática dos DARFs, o sistema ainda possibilita a impressão do mesmo, utilizando os avançados recursos do Gerador de Relatórios. Para efetuar a impressão, siga os procedimentos a seguir:

1. Clique no ícone Imprimir Guia;

SNAGHTML1ec5f1a

 

2. Selecione o relatório desejado (necessita criação prévia/importação do mesmo) e clique no botão Imprimir;

SNAGHTML1ecf994

 

Resultado da impressão do DARF:

image

 

Posts relacionados

Um grande abraço a todos e até o próximo post.

Anúncios

Integração RM Fluxus X RM Liber

Este recurso permite ao usuário efetuar a integração TOTVS Gestão Financeira (RM Fluxus) X TOTVS Gestão Fiscal (RM Liber) para a geração automática de Lançamentos Financeiros de Guias Normais e Especiais, DARFs e GPS relacionados a um Período de Apuração.

 

Parametrização Necessária

  1. Integrar o RM Fluxus com o RM Liber através do menu Opções | Parâmetros | Integrações e habilitar o parâmetro Integrado;

    SNAGHTMLeed06d
  2. No RM Fluxus acessar o menu Opções | Parâmetros | RM Fluxus | Contas a Pagar | Integração Fiscal e habilitar o parâmetro Lançamentos de Tributos serão Faturados pelo RM Liber.

Apontando para cimaConsiderações

Com o parâmetro habilitado não será permitida a realização de alguns processos para os Lançamentos que possuírem as seguintes Classificações:

  • 6 – IRRF/PJ;
  • 7 – IRRF/PF;
  • 13 – IRRF gerado pelo RM Labore;
  • 18 – CSLL/RF;
  • 19 – PIS/RF;
  • 20 – COFINS/RF;
  • 21 – Tributos Agrupados.

Os Processos não permitidos são:

  • Gerar Acordo;
  • Baixa;
  • Emissão de Cheque;
  • Faturar;
  • Vínculos;
  • Importar arquivo de Pagamento;
  • Importar Baixa.

Todos os Lançamentos com as classificações citadas deverão ser tratados a partir da geração automática da DARF através do RM Liber.

Com o parâmetro desabilitado não será possível:

  • Gerar Acordo
  • Vínculos

 

Apontando para cimaObservação

Dependendo de algumas parametrizações o sistema terá comportamentos diferentes, por exemplo:

::: Parametrização 1

  • RM Liber x RM Fluxus: Integrados
  • Parametro “Lançamentos de Tributos serão Faturados pelo RM Liber”: Habilitado

Não será permitida a baixa sem antes processar o encerramento do período seguido de geração de lançamentos financeiros correspondentes aos tributos pelo RM Liber. Por exemplo: ao tentar emitir um cheque, o RM Fluxus exibirá a seguinte mensagem:

SNAGHTMLc3fb52

 

::: Parametrização 2

  • RM Liber x RM Fluxus: Integrados
  • Parametro “Lançamentos de Tributos serão Faturados pelo RM Liber”: Desabilitado

Neste caso o usuário poderá realizar os processos normais correspondente ao tributo do RM Fluxus, mas durante a execução o sistema exibirá a seguinte mensagem:

SNAGHTMLb887b9

 

::: Parametrização 3

  • RM Liber x RM Fluxus: Não Integrados
  • Parâmetro “Lançamentos de Tributos serão faturados pelo RM Liber”: Desabilitado

Ao tentar baixar um lançamento financeiro correspondente ao tributo, não será feita nenhuma consistência devido ao fato de não existir integração entre RM Fluxus e RM Liber, porém o sistema emitirá a seguinte mensagem:

SNAGHTMLdf826c

 

No RM Liber, caso o usuário tente gerar DARF através da rotina Inserir DARF Automaticamente, estas não serão geradas e o sistema exibirá a seguinte mensagem:

SNAGHTMLbec45b

 

::: Parametrização 4

  • RM Liber x RM Fluxus: Não Integrados
  • Parâmetro “Lançamentos de Tributos serão faturados pelo RM Liber”: Habilitado

Não será permitida a baixa sem antes processar o encerramento do período seguido de geração de lançamentos financeiros correspondentes aos tributos pelo RM Liber. Por exemplo: ao tentar emitir um cheque, o RM Fluxus exibirá a seguinte mensagem:

SNAGHTMLd0173b

 

No RM Liber, caso o usuário tente gerar DARF através da rotina Inserir DARF Automaticamente, será exibida a seguinte mensagem:

SNAGHTMLd124e2

 

Posts Relacionados

Um grande abraço a todos e até o próximo post.

Integração RM Nucleus X RM Vitae: Controle de EPIs

Consiste em controlar as movimentações de empréstimos e devoluções dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI), com as movimentações de estoque do RM Nucleus. Para que ocorra a integração será necessário:

1. Cadastro dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) no RM Nucleus;
2. Cadastrar os Locais de Estoque para controle da movimentação dos EPIs;
3. Criar quatro tipos de movimentos: 
     – 1.2.xx – Para entradas de EPIs;
     – 1.2.xx – Para devoluções de EPIs;
     – 2.2.xx – Para baixas de EPIs;
     – 2.2.xx – Para empréstimos de EPIs.

Estrutura

Para exemplificar, neste tutorial será considerada a seguinte estrutura:
     Tipos de Movimentos:
     – Compras de EPIs: Tipo de Movimento 1.2.30
     – Empréstimos de EPIs: Tipo de Movimento 2.2.30
     – Devoluções de EPIs: Tipo de Movimento 1.2.31
     – Baixas de EPIs: Tipo de Movimento 2.2.31
     
     Locais de Estoque:
     – 01 – Almoxarifado Central;
     – 08 – EPIs Novos;
     – 09 – EPIs Usados;
     – 10 – EPIs Inválidos.

     Filiais:
     – Filial 1 – Belo Horizonte

 

Comportamento dos Saldos no RM Nucleus

Compras (realizadas no RM Nucleus):
=> Aumenta o saldo do EPI no Local de Estoque selecionado no movimento.

Empréstimos (realizados no RM Vitae SMT):
=> No momento do empréstimo, o usuário poderá selecionar o Local de Estoque onde o EPI está armazenado. Como sugestão, utilize o Local de Estoque EPIs Novos, mas nunca o Almoxarifado Central;
=> Esta operação fará com que o saldo dos EPIs “diminua” no Local de Estoque selecionado pelo usuário;
 
Devoluções (realizadas no RM Vitae SMT):
=> No momento da devolução o usuário poderá designar qualquer Local de Estoque onde o EPI será armazenado. Como sugestão, utilize o Local de Estoque EPIs Usados ou EPIs Inválidos, mas nunca o Almoxarifado Central.
=> Esta operação fará com que o saldo dos EPIs “aumente” no Local de Estoque selecionado pelo usuário;

Baixas (realizadas no RM Nucleus):
=> No momento da baixa o usuário poderá selecionar qualquer Local de Estoque onde o EPI está armazenado. Como sugestão, utilize o Local de Estoque  EPIs Inválidos, pois o EPIs tratados por esta modalidade (baixa) não poderão mais ser reutilizados.
=> Esta operação fará com que o saldo dos EPIs “diminua” no Local de Estoque selecionado pelo usuário;

Comportamento dos Saldos no RM Vitae

Compras (realizadas no RM Nucleus):
=> Incrementa as colunas: “Estoque” e “Disponíveis”.

Empréstimos (realizados no RM Vitae SMT):
=> Incrementa a coluna “Emprestados”;
=> Decrementa a coluna “Disponíveis”. 
 
Devoluções (realizadas no RM Vitae SMT):
=> Incrementa a coluna “Disponíveis”;
=> Decrementa a coluna “Emprestados”.

Baixas (realizadas no RM Nucleus):
=> Incrementa a coluna “Inválidos”;
=> Decrementa a coluna “Disponíveis”.

Apontando para cimaConsiderações Relevantes

1. Para realizar a Integração de Produtos com EPIs do RM Vitae é necessário que estes não utilizem Número de Série e não sejam controlados por lote.

2. Os novos produtos vinculados aos EPIs, inicialmente vão estar com o status Inativos no RM Vitae. Para poder movimenta-los é necessário torna-los ativos;

3. Local de Estoque: Recomenda-se não utilizar o mesmo local de estoque dos demais produtos cadastrado do RM Nucleus, para facilitar no controle e gerenciamento do estoque dos EPIs.

4. O campo Descartável do cadastro de EPIs é de preenchimento facultativo e somente deverá ser marcado, quando os EPIs cadastrados forem TODOS descartáveis;

5. Um EPI descartável já emprestado e devolvido não será disponibilizado para outros empréstimos;

6. Quando o EPI é descartável, no momento da devolução, a pasta Integrações do Movimento (RM Nucleus) não é exibida;

7. Quando um EPI já tiver algum movimento registrado (empréstimos ou devoluções), o campo Descartável não deverá mais ser alterado, pois esta prática acarreta em descontrole dos saldos do EPI no RM Vitae em relação aos saldos exibidos no RM Nucleus;

8. Os movimentos gerados no RM Nucleus através das operações de Empréstimos e Devoluções realizadas no RM Vitae, não poderão ser excluídos;

9. Os movimentos gerados no RM Nucleus através das operações de Compras e Baixas realizadas no próprio aplicativo, poderão ser excluídos normalmente, exceto se ambas operações resultar em saldo negativo do EPI.

 

Parametrizando Tipo de Movimento: Entradas por Compra

Este tipo de movimento será responsável em controlar as aquisições de todos os EPIs que estiverem integrados aos Produtos do RM Nucleus. Algumas considerações para este Tipo de Movimento:

  1. Deverá ser executado diretamente no RM Nucleus;
  2. Neste Tipo de Movimento poderão ser utilizados tanto os produtos integrados aos EPIs quanto os que não foram integrados;
  3. Todos os itens existentes nos movimentos terão o seu saldo automaticamente atualizado, podendo ser consultado tanto no RM Nucleus quanto no RM Vitae;
  4. Permite exclusão do movimento (somente através do RM Nucleus).

Parametrização necessária


Pasta Movimento | Identificação:

  • Tipo: 1.2.30*
  • Nome: Compra de EPIs NF – RM Vitae*
  • Classificação: Controle de EPI (Gestão de Estoque)*

* Sugestão apenas para exemplificar neste tutorial.

Pasta Emitente/Destinatário 1/2:

  • Emitente: Empresa
  • Edição da Filial de Emissão: Edita
  • Edição do Local de Emissão: Edita
  • Filial: 1
  • Local de Estoque: 08
  • Destinatário: Empresa

Pasta Item | Preços:

  • Edição do Preço: Edita

Pasta Estoque | Estoque 1/3 | Efeito Sobre os Saldos Físicos:

  • 2 – Saldo Atual: Aumenta

Pasta Recursos Humanos:

  • Movimento gera controle de EPI do RM Vitae: Compras

 

Parametrizando Tipo de Movimento: Empréstimos de EPIs

Este tipo de movimento será responsável em controlar os empréstimos de todos os EPIs que estiverem vinculados aos Produtos do RM Nucleus.

Algumas considerações para este Tipo de Movimento:

  1. Deverá ser executado diretamente no RM Vitae;
  2. Apenas EPIs vinculados aos Produtos poderão ser utilizados;
  3. Todos os EPIs vinculados aos Produtos terão o seu saldo automaticamente atualizado, podendo ser consultado tanto no RM Nucleus quanto no RM Vitae;
  4. Não permite exclusão do movimento.

 

Parametrização necessária:


Pasta Movimento | Identificação:

  • Tipo: 2.2.30*
  • Nome: Empréstimos de EPI – RM Vitae *
  • Classificação: Controle de EPI (Gestão de Estoque)*
  • Edita Numeração: Mostra
  • Edição da Série: Mostra

* Sugestão apenas para exemplificar neste tutorial.

Pasta Emitente/Destinatário 1/2:

  • Emitente: Empresa
  • Edição da Filial de Emissão: Edita
  • Edição do Local de Emissão: Edita
  • Filial: 1
  • Local de Estoque: 08
  • Destinatário: Empresa

Pasta Item | Identificação 1/2:

  • Tipo dos Itens: Produtos

Pasta Item | Identificação 2/2:

  • Unidade de Medida Padrão: Unidade de Controle
  • Permitir Item Repetido: Não Permitir
  • Agrupar Itens Repetidos: Não Agrupar

Pasta Item | Preço 1/2:

  • Edição do Preço: Não Edita
  • Buscar Preço em: Não informar

Pasta Estoque | Estoque 1/3 | Efeito Sobre os Saldos Físicos:

  • 2 – Saldo Atual: Diminui

Pasta Estoque | Estoque 2/3 | Saldo Financeiro:

  • Efeito Sobre o Saldo Atual: Não afeta
  • Fórmula para o Valor Financeiro: Não informar

Pasta Contabilidade:

  • Habilita Evento Contábil: Não Utiliza Evento

Pasta Recursos Humanos:

  • Movimento gera controle de EPI do RM Vitae: Empréstimos

 

Parametrizando Tipo de Movimento: Devolução de Empréstimos de EPIs

Este tipo de movimento será responsável em controlar as devoluções de todos os EPIs que estiverem integrados aos Produtos do RM Nucleus e que foram emprestados.

Algumas considerações para este Tipo de Movimento:

  1. Deverá ser executado diretamente no RM Vitae;
  2. Neste Tipo de Movimento somente os EPIs vinculados aos Produtos poderão ser utilizados;
  3. Todos os EPIs vinculados aos Produtos terão o seu saldo automaticamente atualizado, podendo ser consultado tanto no RM Nucleus quanto no RM Vitae;
  4. Não permite exclusão do movimento.

Parametrização necessária:


Pasta Movimento | Identificação:

  • Tipo: 1.2.31*
  • Nome: Devoluções de Empréstimos de EPIs – RM Vitae*
  • Classificação: Controle de EPI (Gestão de Estoque)*
  • Edita Numeração: Mostra
  • Edição da Série: Mostra

* Sugestão apenas para exemplificar neste tutorial.

Pasta Emitente/Destinatário 1/2:

  • Emitente: Empresa
  • Edição da Filial de Emissão: Edita
  • Edição do Local de Emissão: Edita
  • Filial: 1
  • Local de Estoque: 08
  • Destinatário: Empresa

Pasta Item | Identificação 1/2:

  • Tipo dos Itens: Produtos

Pasta Item | Identificação 2/2:

  • Unidade de Medida Padrão: Unidade de Controle
  • Permitir Item Repetido: Não Permitir
  • Agrupar Itens Repetidos: Não Agrupar

Pasta Item | Preços:

  • Edição do Preço: Não Edita
  • Buscar Preço em: Não informar

Pasta Estoque | Estoque 1/3 | Efeito Sobre os Saldos Físicos:

  • 2 – Saldo Atual: Aumenta

Pasta Estoque | Estoque 2/3 | Saldo Financeiro:

  • Efeito Sobre o Saldo Atual: Não afeta
  • Fórmula para o Valor Financeiro: Não informar

Pasta Contabilidade:

  • Habilita Evento Contábil: Não Utiliza Evento

Pasta Recursos Humanos:

  • Movimento gera controle de EPI do RM Vitae: Devoluções de empréstimos

 

Apontando para cimaAtenção

Recomenda-se incluir um movimento de Empréstimo diretamente no RM Nucleus para validação da parametrização, pois qualquer inconsistência encontrada fará com que o sistema não grave o movimento quando incluído através do RM Vitae. Possíveis causas de insucesso na inclusão do Empréstimo através do RM Vitae:

  1. Data de movimento fora do Período de Movimentação: Para alterar estas datas, acesse o menu Opções | Parâmetros | RM Nucleus | etapa 04.01.01-Definições Gerais | Definições Gerais 2/3 e aumente o Período de Movimentação;
  2. Data do movimento está fora do Exercício Fiscal: Para corrigir o erro, acesse menu Utilitários | Exercício Fiscal e o selecione de acordo com o período vigente.

 

Parametrizando Tipo de Movimento: Baixa de Estoques de EPIs

Este Tipo de Movimento controla os EPIs que não serão mais utilizados, mas que entraram no estoque. (Ex.: Devolução de EPI descartável, desgastado, estragado, etc.).

Algumas considerações para este Tipo de Movimento:

  1. Este movimento deverá ser executado diretamente no RM Nucleus;
  2. Após a gravação do movimento de BAIXA, a coluna Disponíveis é subtraída e ao mesmo tempo a coluna Inválidos aumenta na mesma proporção quantitativa que está sendo baixado. As duas colunas citadas no item 2, estão disponíveis em: RM Vitae SMT | Segurança e Saúde Ocupacional | Catálogo de EPIs
  3. Neste Tipo de Movimento somente os EPIs vinculados aos Produtos poderão ser utilizados;
  4. Todos os EPIs vinculados a Produtos terão o seu saldo automaticamente atualizado, podendo ser consultado tanto no RM Nucleus quanto no RM Vitae;
  5. Permite exclusão do movimento (somente através do RM Nucleus).

Parametrização necessária


Pasta Movimento | Identificação:

  • Tipo: 2.2.31*
  • Nome: Baixa de Estoques de EPIs – RM Vitae*
  • Classificação: Controle de EPI (Gestão de Estoque)*
  • Edita Numeração: Mostra
  • Edição da Série: Mostra

* Sugestão apenas para exemplificar neste tutorial.

Pasta Emitente/Destinatário 1/2:

  • Emitente: Empresa
  • Edição da Filial de Emissão: Edita
  • Edição do Local de Emissão: Edita
  • Filial: 1
  • Local de Estoque: 08
  • Destinatário: Empresa

Pasta Item | Identificação 1/2:

  • Tipo dos Itens: Produtos

Pasta Item | Identificação 2/2:

  • Unidade de Medida Padrão: Unidade de Controle
  • Permitir Item Repetido: Não Permitir
  • Agrupar Itens Repetidos: Não Agrupar

Pasta Item | Preços:

  • Edição do Preço: Não Edita
  • Buscar Preço em: Não informar

Pasta Estoque | Estoque 1/3 | Efeito Sobre os Saldos Físicos:

  • 2 – Saldo Atual: Diminui

Pasta Estoque | Estoque 2/3 | Saldo Financeiro:

  • Efeito Sobre o Saldo Atual: Não afeta
  • Fórmula para o Valor Financeiro: Não informar

Pasta Contabilidade:

  • Habilita Evento Contábil: Não Utiliza Evento

Pasta Recursos Humanos:

  • Movimento gera controle de EPI do RM Vitae: Baixa de EPI

 

Um grande abraço a todos e até o próximo post.