Atualização Saldo de FGTS .Net no TOTVS RM Labore

O módulo de Atualização de Saldo de FGTS é a funcionalidade onde o usuário poderá atualizar os saldos de FGTS depositados no banco, aplicando os índices de correção monetária disponibilizados pela Caixa Econômica Federal. Esse saldo poderá ser utilizado no cálculo das rescisões dos funcionários com demissão sem justa causa, na emissão da GRFC, e nas provisões contábeis.

Apontando para cimaImportante

=> Os campos Data do Último Saldo de FGTS e Saldo disponíveis em: RM Labore | Cadastros | Funcionários | pasta Registro | subpasta FGTS/SEFIP/INSS, deverão estar preenchidos conforme informações de depósito constantes na Caixa Econômica Federal:

SNAGHTML2597966a

 

=> Deve existir uma moeda cadastrada com o símbolo FGTS: RM Labore | Cadastros | Moedas e Índices:

SNAGHTML240abb21

 

=> Deverá existir no cadastro de Cotações, todos os índices de atualização disponibilizados pela Caixa Econômica Federal:

image

 

Cálculo do Saldo de FGTS

Vale a pena ressalvar que para manter a integridade do cálculo, o RM Labore sempre processará a atualização do Saldo de FGTS até a competência anterior.

Variáveis                                                                   

S – Saldo de FGTS do Mês Anterior;
D – Depósito de FGTS da Última Competência;
F – Fator de Atualização de FGTS.

Saldo de FGTS Atualizado = S + ( S x F ) + D

Memória de Cálculo da Atualização do Saldo de FGTS

Neste exemplo, será utilizado como referência, um funcionário que teve sua última atualização no mês de Fevereiro/2011.

Funcionário 262238: ANA VIEIRA DA SILVA

Mês referência: Fevereiro / 2011
Saldo FGTS Anterior: 15.000,00
Fator Correção: 0,002991
Valor Correção: 44,87
Valor Depósito: 188,22
Saldo FGTS Atual: 15.233,09

Mês referência: Março / 2011
Saldo FGTS Anterior: 15.233,09
Fator Correção: 0,003681
Valor Correção: 56,07
Valor Depósito: 188,22
Saldo FGTS Atual: 15.477,38

Mês referência: Abril / 2011
Saldo FGTS Anterior: 15.477,38
Fator Correção: 0,002836
Valor Correção: 43,89
Valor Depósito: 188,22
Saldo FGTS Atual: 15.709,49

Mês referência: Maio / 2011
Saldo FGTS Anterior: 15.709,49
Fator Correção: 0,004040
Valor Correção: 63,47
Valor Depósito: 188,22
Saldo FGTS Atual: 15.961,18

Mês referência: Junho / 2011
Saldo FGTS Anterior: 15.961,18
Fator Correção: 0,003583
Valor Correção: 57,19
Valor Depósito: 282,33
Saldo FGTS Atual: 16.300,70

Resultado: Saldo de FGTS em 10/07/2011 = 16.300,70

Apontando para cimaAtenção

Se o parâmetro Utiliza Manutenção de FGTS estiver marcado, em Opções | Parâmetros | RM Labore | Outros Parâmetros | Parâmetros III, será possível incluir informações de resgate de saldo. Dessa forma o cálculo sobre uma pequena alteração, descrita abaixo:

SNAGHTML267e6be6

S – Saldo de FGTS do Mês Anterior;
D – Depósito de FGTS da Última Competência;
F – Fator de Atualização de FGTS;
R1 – Resgate de Salgo de FGTS feito antes do dia 10*;
R2 – Resgate de Salgo de FGTS feito depois do dia 10*;

* Verificar na legislação vigente em quais casos o resgate é permitido.

Saldo de FGTS Atualizado = S + ((S – R1) x F) + D – R2

Dessa maneira calcula-se o saldo real de FGTS, ou seja, o saldo que ainda permanece depositado na CEF, e não o saldo que deverá ser considerado no cálculo rescisório. Para fins rescisórios o montante considerado para o cálculo da multa rescisória desconsidera os valores de resgate. Nesse caso o sistema utiliza o cálculo acima para a apuração da correção monetária do mês e a adiciona ao montante total de FGTS. Ao final, os dois valores (Saldo Real e Saldo p/ Fins Rescisórios) serão demonstrados no cadastro do funcionário.

SNAGHTML2687e1b1

Observação:

Para um processo de atualização mais preciso é aconselhável a execução desse módulo todos os meses. Porém, isso não é uma necessidade: caso a atualização não tenha sido executada nos últimos meses, será possível atualizar o saldo desde a data do último saldo conhecido, com a única desvantagem da necessidade de atualização retroativa das cotações.

Um grande abraço a todos e até o próximo post.

Anúncios

Alíquota FAP no TOTVS RM Labore

A partir da versão 11.20 do TOTVS Folha de Pagamento, a alíquota do FAP – Fator Acidentário de Prevenção deixará de ser cadastrada nos Parâmetros do RM Labore e passará a ser cadastrada na Tabela de Valores Fixos. Com esta melhoria, será possível manter históricos junto às Alíquotas FAP, permitindo com isso a emissão de relatórios.

Para cadastrá-la basta acessar o menu: RM Labore | Cadastros | Cálculos | Valores Fixos;

2. Clique no botão Novo e preencha os dados conforme mostra a imagem a seguir:

SNAGHTML7b6d0fd

 

Um grande abraço a todos e até o próximo post.

Comparativo SEFIP x Folha Analítica – TOTVS RM Labore

Esta funcionalidade permite ao usuário comparar os valores informados das bases e valores calculados de FGTS e INSS, permitindo identificar com maior facilidade possíveis diferenças no cálculo da folha de pagamento versus valores a serem informados para a Caixa Econômica Federal.

Para que seja possível a geração deste relatório, é necessário a instalação do Crystal Reports, pois é através deste aplicativo que o RM Labore poderá exibir o Comparativo SEFIP x Folha Analítica. Para fazer o download, clique em um dos links abaixo e instale-o antes de iniciar os procedimento a seguir:

Crystal Reports versão 32 bits;
Crystal Reports versão 64 bits.

Usuário: publico
Senha: 123456

Passos para Geração do Relatório Comparativo SEFIP x Folha Analítica

1. Acessar menu RM Labore | Relatórios | Folha Analítica e configurar um perfil conforme a seguir;

SNAGHTML2775f0d

Apontando para cimaAtenção!

Alguns parâmetros importantes deverão ser observados, pois estes deverão estar compatíveis com os parâmetros utilizados para geração do SFEIP.RE:
     – Código de quebra;
     – Seleção de funcionários;
     – Competência (mês, ano e caixa);
     – Período (utilize a opção Todos, pois o SEFIP assim o considera);

2. Na aba Comparativo SEFIP x Folha Analítica, configurar o local onde o arquivo FOLHAANL.TXT será gravado. Veja imagem a seguir;

SNAGHTML28a37af

3. Salvar o perfil com um nome de sua preferência e proceder com a geração da Folha Analítica, clicando no botão Gerar. Após a conclusão do processo, será gerado o arquivo FOLHAANL.TXT no diretório especificado pelo usuário.

4. Gerar o SEFIP através do módulo: RM Labore | Relatórios | SEFIP | SEFIP.Net. Ao final do processo, será gerado o arquivo SEFIP.RE na pasta especificada pelo usuário;

5. Importar e validar o arquivo SEFIP.RE no programa da Caixa Econômica (SEFIP.EXE). Após validação do arquivo, deverá ser realizado o fechamento do SEFIP para que seja gerado o arquivo *.SFP no diretório especificado pelo usuário. Veja os procedimentos a seguir:

 

Importar o arquivo SEFIP.RE

SNAGHTML293b373

 

Localizar o arquivo SEFIP.RE

SNAGHTML2953fab

 

Confirme a mensagem a seguir;

SNAGHTML29633e8

 

Aguarde o processo de validação do SEFIP.RE…

SNAGHTML297ebd2

 

Fim do processo de validação.

SNAGHTML29879ce

 

Clique no botão Executar para iniciar o fechamento para que o arquivo *.SFP seja criado;

SNAGHTML296e914

 

Aguarde conclusão do processo…

SNAGHTML29b8c83

 

A mensagem a seguir informa que o arquivo .SFP será criado, clique no botão OK.

SNAGHTML29c8ace

 

Clique no botão Salvar para concluir o processo de criação do arquivo SFP. Se preferi, altere a pasta onde o referido arquivo será gravado.

Pronto! O arquivo .SFP foi gerado com sucesso (seu nome muda a cada execução de fechamento).

SNAGHTML2a097ba

 

As mensagens a seguir são apenas informativas;

SNAGHTML2a1c214

 

SNAGHTML2ab1f6f

 

SNAGHTML2a25ccc

 

6. Gerar o relatório Comparativo. Acessar o menu RM Labore | Relatórios | SEFIP | Comparativo SEFIP x Folha Analítica. O usuário deverá informar em Arquivo de fechamento do SEFIP (*.SFP), bem como o arquivo da Folha Analítica FOLHAANL.TXT. CLique no botão Executar;

SNAGHTML2b44ed8

 

Após execução do processo o RM Labore exibirá o arquivo Comparativo SEFIP x Folha Analítica. Veja a seguir:

image

Um grande abraço a todos e até o próximo post.

Novo Termo de Rescisão: Portaria 1.621/2010 – TOTVS Folha de Pagamento v.11.20

Conforme a Portaria nº 1.621/2010 de 14 de julho de 2.010 do MTE foi instituído o Novo termo de Rescisão
de Contrato de Trabalho (Anexos I, II, III e IV) a ser utilizado a partir de 01/01/2011. Maiores Informações consultem o site: http://www.mte.gov.br/legislacao/portarias/2010/p_20100714_1621.pdf

Este roteiro visa demonstrar a parametrização a ser efetuada para a correta geração destes novos termos de rescisão.

1º Passo
Importar os relatórios do novo termo de rescisão para a base de dados. Estes relatórios estão disponíveis nos seguintes caminhos:

Para base SQL Server:
http://wikihelp.totvs.com.br/WikiHelp/Adm/Arquivo.aspx?ID=b5a327ba-9f22-44b3-b243-ffff1a11baa5&NOMEARQUIVO=TRCT Portaria 1621_sql.zip

Para base Oracle:
http://wikihelp.totvs.com.br/WikiHelp/Adm/Arquivo.aspx?ID=3de4aff4-9660-4725-a6e2-4326d7b7bd0a&NOMEARQUIVO=TRCT Portaria 1621_oracle.zip

2º Passo
No momento em que os relatórios de termo de rescisão forem importados para a base de dados, também
serão importadas três fórmulas que serão utilizadas para preencher o campo 50 do Termo de Rescisão.

Apontando para cimaObservação

1. Estas fórmulas terão que ser alteradas de acordo com os códigos dos eventos cadastrados na base de dados do cliente:

Código: TRCT1
Descrição: TRCT – ANEXO I – CALCULO DE DIAS DE FALTAS
Texto:
SE CREC = ‘M’ ENTAO
MR(PARMQRY(‘MESCOMP’), PARMQRY(‘ANOCOMP’), ‘0008’)
SENAO SE CREC ‘M’ ENTAO
INT(MR(PARMQRY(‘MESCOMP’), PARMQRY(‘ANOCOMP’), ‘0182’) * 30 / J)
SENAO 0
FIMSE FIMSE

– 0008 equivale ao evento de Faltas em dias;
– 0182 equivale ao evento de Faltas em horas;

Código: TRCT2
Descrição: TRCT – ANEXO I – CALCULO DE DIAS TRABALHADOS
Texto:
SE CREC = ‘M’ ENTAO
MR(PARMQRY(‘MESCOMP’), PARMQRY(‘ANOCOMP’), ‘0002’)
SENAO SE CREC ‘M’
ENTAO
INT(MR(PARMQRY(‘MESCOMP’), PARMQRY(‘ANOCOMP’), ‘0001’) * 30 / J)
SENAO 0
FIMSE FIMSE

– 0002 equivale ao evento de Dias trabalhados;
– 0001 equivale ao evento de Horas trabalhadas

Código: TRCT3
Descrição: TRCT – ANEXO I – VALOR DO CAMPO 50
Texto:
MV(PARMQRY(‘MESCOMP’), PARMQRY(‘ANOCOMP’), ‘0001’) + MV(PARMQRY(‘MESCOMP’),
PARMQRY(‘ANOCOMP’), ‘0002’) + MV(PARMQRY(‘MESCOMP’), PARMQRY(‘ANOCOMP’), ‘0102’) –
(MV(PARMQRY(‘MESCOMP’), PARMQRY(‘ANOCOMP’), ‘0008’) + MV(PARMQRY(‘MESCOMP’),
PARMQRY(‘ANOCOMP’), ‘0182’) + MV(MES, ANO, ‘0070’) )

– 0001 equivale ao evento de Horas trabalhadas
– 0002 equivale ao evento de Dias trabalhados;
– 0102 equivale ao evento de Descanso semanal remunerado;
– 0008 equivale ao evento de Faltas em dias;
– 0182 equivale ao evento de Faltas em horas;
– 0070 equivale ao evento de Descanso semanal perdido;

3º Passo:
O manual do HomologNet já definiu as rubricas numeradas de 001 a 034 (estas rubricas já estão cadastradas no sistema), mas exige que as novas rubricas sejam cadastradas a partir do número 100.

Para cadastrar as novas rubricas, será necessário acessar o módulo, Cadastros | Tabelas Dinâmicas, editar a tabela de código HOMOLOGRUB, selecionar a aba Item de tabela dinâmica e clicar no botão Incluir.

SNAGHTML2b8a26

Na tela que será apresentada, deverá ser informado o código da rubrica (a partir do código 100), bem como a descrição da mesma.

SNAGHTML2da3fc
Todas as rubricas que estão informadas no exemplo enviado pelo Ministério do Trabalho, deverão ser impressas no termo de rescisão, conforme a Portaria 1621.

4º Passo
As rubricas deverão ser associadas aos seus eventos correspondentes.

Apontando para cimaObservação

1. A associação das rubricas aos eventos é de total responsabilidade da empresa. Deverá ser verificada com o Ministério do Trabalho, qual a associação correta a ser efetuada.

Veja abaixo, o exemplo da associação da rubrica 001 – Salario Fixo, ao evento 0002 – Dias Trabalhados:
Acessar o módulo, Cadastros | Eventos e editar o evento 0002 – Dias Trabalhados. Informar a rubrica 001 – Salario Fixo no campo Código da rubrica:

SNAGHTML315023

5º Passo
No filtro do relatório, devem ser informados os campos Chapa do funcionário, Mês de competência, Ano
de competência
e Número do período. Estes campos são obrigatórios para a geração do termo de rescisão.

SNAGHTML339868

6º Passo
No momento de gerar o termo de rescisão, será apresentada uma tela de parâmetros onde as rubricas dos eventos deverão ser associadas aos seus respectivos campos.

SNAGHTML364b62

Para os campos de 50 a 99 e 100 a 116, deverão ser informadas as rubricas associadas aos eventos. Para os campos dos eventos de Horas Extras, Adicional Noturno, (Outras verbas) Proventos, Descontos (Outros descontos) e Adicional Noturno, deverão ser informados os códigos dos eventos.

Segue abaixo um exemplo de parametrização dos eventos de Horas extras:

Acessar o módulo, Cadastros | Eventos e editar o evento 0082 – Horas Extras 50%. Informar a rubrica 004 – Horas extras no campo Código da rubrica:

SNAGHTML3a05f9

Nos parâmetros do relatório, será necessário associar a rubrica 004 – Horas Extras, ao campo Campo 56 – Horas extras.

SNAGHTML40280a

Ainda no filtro do relatório, o código do evento Horas extras 50%, deverá ser associado ao campo HE50.

SNAGHTML40d614

 

Apontando para cimaObservações

1. Os campos estão definidos com as siglas HE50, HE75, HE100, HE150 e HE200. Podem ser informados eventos com outros percentuais nestes campos, porém será necessário alterar a consulta SQL dos mesmos, uma vez que o percentual é fixo na consulta.

2. Somente são disponibilizados 5 (cinco) campos para informar eventos de horas extras. Se a empresa utilizar mais do que 5 (cinco) eventos de horas extras, será necessário entrar em contato com a equipe de suporte de Gerador de Relatórios, para que seja feita uma customização dos relatórios.

Segue abaixo um exemplo de parametrização dos eventos de Adicional Noturno:

Acessar o módulo, Cadastros | Eventos e editar o evento 0155 – Adicional Noturno 20%. Informar a rubrica 012 – Horas Adicional Noturno no campo Código da rubrica:

SNAGHTML497f7c

Nos parâmetros do relatório, será necessário associar a rubrica 012 – Horas Adicional Noturno, ao campo Campo 55 – Adicional Noturno.

SNAGHTML467031

Ainda no filtro do relatório, o código do evento Adicional Noturno 20%, deverá ser associado ao campo AN20.

SNAGHTML46e59e


Apontando para cimaObservações

1. Os campos estão definidos com as siglas AN20, AN25, AN30 e AN35. Podem ser informados eventos com outros percentuais nestes campos, porém será necessário alterar a consulta SQL dos mesmos, uma vez que o percentual é fixo na consulta.

2. Somente são disponibilizados 4 (quatro) campos para informar eventos de Adicional Noturno. Se a empresa utilizar mais do que 4 (quatro) eventos de Adicional Noturno, será necessário entrar em contato com a equipe de suporte de Gerador de Relatórios, para que seja feita uma customização dos relatórios.

Segue abaixo um exemplo de parametrização dos eventos de Outras Verbas:

Apontando para cimaObservação

1. O evento abaixo é apenas ilustrativo. Para este tipo de evento, deve ser utilizada a rubrica Outas verbas, previamente cadastrada na tabela dinâmica HOMOLOGRUB.

Acessar o módulo, Cadastros | Eventos e editar o evento PROV – PROVENTO. Informar a rubrica 133 -Outras Verbas no campo Código da rubrica:

SNAGHTML4ef171

Nos parâmetros do relatório, será necessário associar a rubrica 133 – Outras Verbas, ao campo Campo 95 – Outras Verbas.

SNAGHTML521094

Ainda no filtro do relatório, o código do evento PROVENTO, deverá ser associado ao campo VERBA1.

SNAGHTML53d25d

Apontando para cimaObservações

1. Somente são disponibilizados 5 (cinco) campos para informar eventos de Outras Verbas. Se a empresa utilizar mais do que 5 (cinco) eventos de Outras Verbas, será necessário entrar em contato com a equipe de suporte de Gerador de Relatórios, para que seja feita uma customização dos relatórios;

2. Caso não utilize eventos de Outras Verbas, este campos podem ser preenchidos com o número 0 (zero).

Segue abaixo um exemplo de parametrização dos eventos de Descontos:

Apontando para cimaObservação

1. O evento abaixo é apenas ilustrativo. Para este tipo de evento, deve ser utilizada a rubrica Outros Descontos, previamente cadastrada na tabela dinâmica HOMOLOGRUB.

Acessar o módulo, Cadastros | Eventos e editar o evento DESC – DESCONTO. Informar a rubrica 144 –
Outros Descontos
no campo Código da rubrica:

SNAGHTML562f4b

Nos parâmetros do relatório, será necessário associar a rubrica 144 – Outros Descontos, ao campo Campo 115 – Outros Descontos.

Ainda no filtro do relatório, o código do evento DESCONTO, deverá ser associado ao campo DESCONTO02.

SNAGHTML588640

Apontando para cimaObservações

1. Somente são disponibilizados 7 (sete) campos para informar eventos de Outros Descontos. Se a empresa utilizar mais do que 7 (sete) eventos de Outros Descontos, será necessário entrar em contato com a equipe de suporte de Gerador de Relatórios, para que seja feita uma customização dos relatórios.

2. Caso não utilize eventos de Outros Descontos, este campos podem ser preenchidos com o número 0 (zero).

LâmpadaDicas

No Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho – Anexo II, será necessário o preenchimento dos campos
TRCTN Nº’ e CÓDIGO DE SEGURANÇA.

Informações de preenchimento destes campos devem ser verificadas com o Ministério do Trabalho. A parametrização restante deve ser efetuada de acordo com o termo anterior.

Fonte pesquisada: totvsconnect.blogspot.com

Um grande abraço a todos e até o próximo post!

Férias Gozadas Integralmente na Próxima Competência

Neste Post serão detalhados todos os processos necessários para realização do cálculo das férias cadastradas na competência atual e gozadas integralmente na próxima competência. Para efeito de exemplo, consideraremos a competência atual como Abril / 2010.

Cadastrando e Calculando as Férias: Antes da Virada da Competência

1. Cadastrar as Férias (Cadastros | Funcionários | Ícone Férias):

SNAGHTMLd0452e

 

2. Clique no botão Calcular para que o RM Labore realize o cálculo das férias;
3. Clique na aba Recibo de Férias e selecione o último movimento gerado pelo Sistema;
4. Clique no ícone Envelope Recibo de Férias para visualizar os cálculos gerados pelo Sistema, veja:

SNAGHTMLd0c7c5

Na tela a seguir, o RM Labore exibe as Bases de Cálculo de INSS, IRRF e Pensão Alimentícia.

SNAGHTMLd18549

 

Apontando para cimaAtenção

Para o cálculo das férias, o RM Labore irá considerar a tabela de INSS do mês de início de gozo e a tabela de IRRF do mês de pagamento das férias.

Para funcionários com férias partidas, o INSS será calculado pelo RM Labore da seguinte forma:

  • INSS 1º Mês: refere-se à incidência de INSS do primeiro período de férias, em caso de férias parceladas;
  • INSS 2º Mês: refere-se à incidência de INSS do segundo período de férias, em caso de férias parceladas.

Lançamento das Férias

Após a consistência do cálculo do Recibo de Férias, execute a rotina Lançamento de Férias através do menu: Movimento | Férias | Lançamento. Desta forma, os valores calculados no Recibo de Férias serão lançados para o Envelope do Período do funcionários, mas fique atento ao número do período em que está realizando esta operação.

Baseado no exemplo das imagens, o sistema fará dois procedimentos de uma só vez, são eles:

  1. Lançará as férias gozadas integralmente dentro da competência atual (Abril/2010) – campo: Início de gozo (para lançar férias no mês);
  2. Lançará as férias que iniciaram na competência anterior (Março/2010), mas que terminaram na competência atual (Abril/2010) – campo: Final de gozo (p/ lançar férias do mês anterior).

Para iniciar o processo, clique no botão Lançar Férias.

SNAGHTMLd82cfd

Apontando para cimaAtenção

Este comando permite lançar apenas férias iniciadas na competência atual ou anterior, ainda não lançadas. Como o início de gozo das férias deste funcionário refere-se à próxima competência (Maio/2010), o sistema não fará o lançamento. Somente após a virada da competência para Maio/2010 é que o sistema permitirá o lançamento.

Observe que a imagem abaixo, exibe a folha de pagamento da competência Abril/2010 sem destacar quaisquer verbas de férias, pois neste mês o funcionário ainda está Ativo, ou seja, trabalhando normalmente.

SNAGHTMLd36589

Apontando para cimaConsiderações para a competência Abril/2010

  1. Funcionários que tiveram férias iniciadas na próxima competência, permanecerão com a situação A-Ativo;
  2. A folha de pagamento mensal dos funcionários com férias iniciadas na próxima competência deverá ser processada normalmente, considerando os dias trabalhados;
  3. Os funcionário que tiveram férias iniciadas na próxima competência, receberão na competência atual, tanto o pagamento do adiantamento das férias, como o pagamento da folha mensal.

 

Como Proceder Após Virada da Competência para Maio/2010

Após a consistência do cálculo do Recibo de Férias, execute a rotina Lançamento de Férias através do menu: Movimento | Férias | Lançamento. Desta forma, os valores calculados no Recibo de Férias serão lançados para o Envelope do Período do funcionários, mas fique atento ao número do período em que está realizando esta operação.

Baseado no exemplo das imagens, o sistema fará dois procedimentos de uma só vez, são eles:

  1. Lançará as férias gozadas integralmente dentro da competência atual (Maio/2010) – campo: Início de gozo (para lançar férias no mês);
  2. Lançará as férias que iniciaram na competência anterior (Abril/2010), mas que terminaram na competência atual (Maio/2010) – campo: Final de gozo (p/ lançar férias do mês anterior).

Para iniciar o processo, clique no botão Lançar Férias.

SNAGHTML494ba1

Liberação das Férias

Com o parâmetro Libera férias gozadas integralmente dentro do mês MARCADO, o sistema liberará as férias que tiveram inicio e final de gozo dentro da competência atual  (férias integrais), lembrando que para realizar a liberação de férias dentro do mês o funcionário tem que estar com situação igual a F-Férias.

Com o parâmetro Libera férias gozadas integralmente dentro do mês DESMARCADO, o sistema liberará as férias que terminaram na competência atual, mas que tiveram inicio na competência anterior. Neste caso o processo de Liberação de Férias não altera a situação do funcionário, pois no processo anterior (Lançamento de Férias), o sistema já atualizou a situação do funcionário para A-Ativo.

SNAGHTMLd99531

 

Atualização dos Dados de Férias

Após a liberação das férias, o RM Labore realiza algumas atualizações, são elas:

  1. Cadastro de Férias: limpando os campos utilizados como referência para os cálculos, liberando-os para utilização futura;
  2. Atualiza o Vencimento das Férias, com uma nova data;
  3. Preenche os Datas de Início e Fim de Gozo das férias;
  4. Inclui um novo Período Aquisitivo. Veja as imagens abaixo:

Cadastro de Férias Após Liberação

SNAGHTML687743

Histórico de Férias Após Liberação

SNAGHTML6b4396


Tópicos Relacionados

1. Férias Gozadas Integralmente na Competência Atual;
2. Férias Gozadas Integralmente na Próxima Competência;
3. Férias Gozadas em Duas Competências (Férias Partidas). (futuro)

Um grande abraço a todos e até o próximo post.

Férias Gozadas Integralmente na Competência Atual

Neste Post serão detalhados todos os processos necessários para realização do cálculo das férias gozadas integralmente dentro da competência atual. Para efeito de exemplo, consideraremos a competência atual como Abril / 2010.

Cadastrando e Calculando as Férias

1. Cadastrar as Férias (Cadastros | Funcionários | Ícone Férias):

SNAGHTMLbf60f7

2. Clique no botão Calcular para que o RM Labore realize o cálculo das férias;
3. Clique na aba Recibo de Férias e selecione o último movimento gerado pelo Sistema;
4. Clique no ícone Envelope Recibo de Férias para visualizar os cálculos gerados pelo Sistema, veja:

SNAGHTMLc028b8

 

Na tela a seguir, o RM Labore exibe as Bases de Cálculo de INSS, IRRF e Pensão Alimentícia.

SNAGHTMLc11d34

 

Apontando para cimaAtenção

Para o cálculo das férias, o RM Labore irá considerar a tabela de INSS do mês de início de gozo e a tabela de IRRF do mês de pagamento das férias.

Para funcionários com férias partidas, o INSS será calculado pelo RM Labore da seguinte forma:

  • INSS 1º Mês: refere-se à incidência de INSS do primeiro período de férias, em caso de férias parceladas;
  • INSS 2º Mês: refere-se à incidência de INSS do segundo período de férias, em caso de férias parceladas.

Lançamento das Férias

Após a consistência do cálculo do Recibo de Férias, execute a rotina Lançamento de Férias através do menu: Movimento | Férias | Lançamento. Desta forma, os valores calculados no Recibo de Férias serão lançados para o Envelope do Período do funcionários, mas fique atento ao número do período em que está realizando esta operação.

Baseado no exemplo das imagens, o sistema fará dois procedimentos de uma só vez, são eles:

  1. Lançará as férias gozadas integralmente dentro da competência atual (Abril/2010) – campo: Início de gozo (para lançar férias no mês);
  2. Lançará as férias que iniciaram na competência anterior (Março/2010), mas que terminaram na competência atual (Abril/2010) – campo: Final de gozo (p/ lançar férias do mês anterior).

Para iniciar o processo, clique no botão Lançar Férias.

SNAGHTMLc373fa

Após o Lançamento das Férias, acesso o Envelope do Período do referido funcionário para visualizar o resultado deste processo, veja:

SNAGHTMLc24878

 

Liberação das Férias

Com o parâmetro Libera férias gozadas integralmente dentro do mês MARCADO, o sistema liberará as férias que tiveram inicio e final de gozo dentro da competência atual  (férias integrais), lembrando que para realizar a liberação de férias dentro do mês o funcionário tem que estar com situação igual a F-Férias.

Com o parâmetro Libera férias gozadas integralmente dentro do mês DESMARCADO, o sistema liberará as férias que terminaram na competência atual, mas que tiveram inicio na competência anterior. Neste caso o processo de Liberação de Férias não altera a situação do funcionário, pois no processo anterior (Lançamento de Férias), o sistema já atualizou a situação do funcionário para A-Ativo.

SNAGHTMLc51538

 

Atualização dos Dados de Férias

Após a liberação das férias, o RM Labore realiza algumas atualizações, são elas:

  1. Cadastro de Férias: limpando os campos utilizados como referência para os cálculos, liberando-os para utilização futura;
  2. Atualiza o Vencimento das Férias, com uma nova data;
  3. Preenche os Datas de Início e Fim de Gozo das férias;
  4. Inclui um novo Período Aquisitivo. Veja as imagens abaixo:


Cadastro de Férias Após Liberação

SNAGHTML15209f5

Histórico de Férias Após Liberação

SNAGHTMLcc9a8d

 

Tópicos Relacionados

1. Férias Gozadas Integralmente na Competência Atual;
2. Férias Gozadas Integralmente na Próxima Competência;
3. Férias Gozadas em Duas Competências (Férias Partidas). (futuro)

Um grande abraço a todos e até o próximo post.